O Tormento de Safiya

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Tormento de Safiya

Mensagem  Yorick em Sab Abr 21, 2012 4:47 pm

Meses após a batalha contra Belial, Safiya apresenta os "efeitos colaterais" do feitiço que a prendeu em si. Ela explica que Mirza previu tais efeitos e que eles serão passageiros, levarão apenas o tempo necessário para que o sangue poderoso de Safiya cale a alma relutante da criatura.

Durante este tempo, safiya fala pouco e tem atitudes muito minimalistas. Cumpre as tarefas que Leona passa de forma rápida e objetiva e tem mudanças de humor radicais.

Obviamente quem mais sofre com isso é o pobre Gabir, que a pedido dela se mantém afastado. Safiya por vezes tem pesadelos e visões, por outras desperta elétrica e sai para caçar, ha relatos de que ela vai até as florestas caçar confusão com algum garou ou algo assim apenas para suprir seu desejo por ação, mas nada que abale a aliança com os Garou, pois ela diz que geralmente procura covis da wyrm.
Em outras noites ela se comporta exatamente como Evidakia, dando conselhos em forma de enigmas que nem ela mesmo sabe responder, e adora fazer isso com Mihaela por pura crueldade.
No mais ela continua sendo a mesma Safiya na maior parte do tempo e com o passar dos meses é possivel perceber uma melhora.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Tormento de Safiya

Mensagem  Domitilla em Sab Abr 21, 2012 7:13 pm

Leona se afasta durante as mudanças de humor repentinamente mas a ajuda sempre que pode, fica próxima de Gabir e ajuda-o a superar esse momento.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Tormento de Safiya

Mensagem  Yorick em Sab Abr 21, 2012 9:15 pm

Em uma determinada noite, Safiya chama Leona e Mihaela para uma conversa. Ela parece tranquila e os efeitos parecem ter desaparecido por completo, mas ela demonstra um pouco de sonolência.
Assim que as duas comparecem, ela se senta.

"Minhas queridas, tenho uma informação que, acredito já estejam até mesmo desconfiadas ou esperassem por isso, devido a cena que assistiram na nossa chegada da batalha contra Belial, aquela noite."

Ela sorri.

"pois bem, minha senhora. Ha muito tempo venho me correspondendo com Alamut. Recebi cartas do mais alto escalão do Clan Assamita, me parabenizando por minhas conquistas e dizendo que o Clan estava se preparando para cobrar uma dívida antiga e que eu deveria estar a serviço de Haquim. Essa dívida minha senhora, é referente aos danos e humilhações que o clan Ventrue impôs ao nosso no passado, a grande perda de prestígio de nossos juizes, outrora guardiões das leis de Cain, fomos substituidos pelos Cappadocios com seus segredos obscuros e mais recentemente até mesmo pelos lunáticos e suas visões.
mas a atual situação mostra que vosso Clan enfrenta uma crise com os anarquistas e vossos conselheiros estão debandando. Os Cappadocios estão enfrentando uma guerra interna que os levará a extinção enquanto os malkavian, bem nunca se pode confiar neles de um jeito ou de outro. Para piorar, é nítido que durante as cruzadas, o Clan Ventrue apoiou o saque, a morte e a destruição de inúmeros santuários da cultura persa e árabe, sem se preocupar com o fato de que aqueles eram domínios do clan Assamita. Enfim, agora o Clan Assamita é oficialmente, segundo as cartas de meus anciões, Membro e Fundador do Movimento Anarquista. Como tal, me foi dada a ordem para que eu cumprisse um teste, para que eu, a única e primeira matusalém Assamita da história, fosse aceita no alto conselho de Alamut. Minha missão era simplesmente destruir a Senhora. Se eu fizesse isso, seria aceita e meu pretígio no clan seria grandioso. Eu aceitei a missão, conspirei contra a senhora por várias noites simplesmente para saber quem estava por trás do plano, o que pretendiam, quem eram os membros do clan que deveriam cuidar de sua destruição ou levá-la para Alamut. Depois disso simplesmente eliminei um a um, matei suas proles e por fim, o ultimo da lista foi Radu, como vocês observaram. Claro ele foi o único que enfrentei pessoalmente, os outros eu usei de recursos e influência, como uma boa sabotadora faz. "

Ela suspira

"Como a senhora pode ver, a senhora está viva." ela ri " E por tamanha traição, fui julgada pelo alto conselho de Alamut como proscrita, caçada e prioridade máxima. Isso significa que todo e qualquer Assamita na face da Terra quer meu pescoço agora. E então...alguma idéia?"

Ela ri debochada, a velha safiya de sempre e parece claramente não estar dando a menor importância para o status de caçada e sim a segurança de Leona e Mihaela.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Tormento de Safiya

Mensagem  Domitilla em Dom Abr 22, 2012 12:48 am

Leona sorri para ela.

"Safyia, teremos que lidar com isso, montaremos mais e mais proteções para que nada entre naquele castelo ofuscado, treinaremos mais carniçais para cuidar de nosso refúgio durante o dia para tentar fazer frente à horda que virá atrás de sua cabeça."
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Tormento de Safiya

Mensagem  Yorick em Dom Abr 22, 2012 2:32 pm

Safiya parece preocupada.

"Acredito que dentro do Castelo de Dálmata eu estarei, e consequentemente todos, segura minha senhora. O problema será quando eu precisar agir em seu nome ou resolver problemas. Preciso de um plano para evitar tais ataques"

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Tormento de Safiya

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum