O Deus Dorme

Ir em baixo

O Deus Dorme

Mensagem  Yorick em Qua Jul 18, 2012 4:22 pm

Durante quase um mês Vedharta perambulou pelo Mundo. Como sabia ter pouco tempo, tratou de levar Leona consigo pelos confins da Europa, utilizando um ritual taumatúrgico parecido com o de Safiya, mas ativado pela espada.
Juntos, Leona e o poderoso Fundador dos Ventrue fazem visitas pontuais.
Primeiro ao castelo de Lord Pietro, em Roma. Vedharta elogia o filho e pede explicações pelo ocorrido no clan e as impressões dele, elogia o trabalho de tentar manter o clan unido.
Depois passeia pelos territórios de Tínia e Lisandro, convocando suas proles e herdeiros e emanando uma energia intimidadora, como quem diz "eu sei o que vocês fizeram, sei o que pretendem e não estou satisfeito"

Por fim, ele leva Leona a Canterburry onde convoca Georgia e seus comandados, elogia muito a mudança radical na cidade e ordena que seja construida, com base no exército que Leona deixou por lá, uma guarda do clan Ventrue feita por soldados de elite, todos eles cainitas e ordena o abraço se necessário. Esta guarda será responsável por proteger os Ephoros e terá o poder de intervir no caso de uma nova cisma.
Quanto a Tiamat, Vedharta diz que a criatura encontra-se com maiores problemas na ilha misteriosa e que sentiu seu torpor ha algumas noites. Explica que a entidade se dividiu em 5 cainitas de poder menor e que cada "cabeça" luta contra as outras pelo controle do "corpo" e que enquanto não houver uma vencedora, Leona não precisa se preocupar, mas que nunca deve deixar de observar e vigiar. Diz que Tiamat terá um papel importante na batalha contra os Mestres Secretos e que deve ser tratada como uma besta de guerra a ser usada pelo clan, não deve ser destruida, ele proibe.

Finalmente Vedharta parte com Leona para Londres, onde conhece Anne e a abençoa, Elogia o trabalho de Laurence e ordena que ele convoque uma nova reunião dos Ephoros, desta vez não em Roma, mas em Londres.
Nesta reunião, ele dita as regras de conduta para o clan Ventrue, cria os diretórios do clan e as hierarquias dentro deles e institui a Dignitás. Ordena que o clan se una para enfrentar os Mestres Secretos, como havia dito a Leona e que a base do clan seja transferida para Londres, não mais em Roma. Ele explica a Pietro que não é nenhuma punição, mas que ele considera Londres um ponto estratégico para a batalha que enfrentarão nas proximas eras.

Por fim, Vedharta elogia publicamente leona, dizendo que sua glória deve ser respeitada por todo o Clan e que ela deve assumir a liderança do Clan em sua ausência (ele-rebaixa-Mithras) e entrega a ela um cetro. Trata-se de um cetro com poderes gigantescos e todos os membros presentes se curvam a ela quando o exibe. Vedharta diz que este cetro de hoje em diante será o símbolo do Clan Ventrue e quem o portar governará como se fosse ele. (Eis o momento onde o símbolo do clan Ventrue muda Twisted Evil )

(p.s: o Cetro é um artefato que dá ao portador + 10 dados em qualquer teste social entre os Ventrue (+5 entre outros clans) e em testes de diciplinas sociais (domínio e presença) apenas entre os Ventrue)

Após este passeio inequecível, Vedharta dá sinais de nervosismo, e diz que para a segurança de todos deve repousar mais uma vez, pede para que Leoan reconstrua o refúgio que Mithras construiu para ele em Londres e que seja protegido lá, pergunta mais uma vez se Leona tem mais alguma coisa a dizer ou algum conselho para pedir e diz que é provavel que só se vejam novamente no dia da Gehena.

_________________
[Somente administradores podem ver este link]
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum