815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Yorick em Seg Jul 11, 2011 1:40 pm

Ano de nosso senhor de 790, Paris, França

Minha querida Filha Leona

Se estás lendo esta carta, significa que nosso Rei Carlos Magno está morto, pois a quem confiei essas palavras, jurou em meu leito de morte que só a entregaria a você depois disso.
No ano de 753, mais ou menos, minha febre não me deixa ter muita memória, eu cheguei no castelo de um nobre muito promissor daquela época, um homem bom e honrado, porém muito severo. Este homem seria meu futuro marido, escolhido por meu pai e que pagara de forma exemplar meu dote, nada muito exorbitante visto que minha família enfrentava duras crises ha anos e meu pai viu em mim, a salvação de seus tesouros. Seu nome era Juste, nome adequado ainda mais por seu sobrenome, Juste di Notreville, isso era um reconhecimento de seus suditos por sua honra e justiça, vindas de seus ancestrais e não ignorada por ele.
Naquela noite havia um baile no palacio de Mulhouse, nossa amada cidade onde Juste era Conde. Muitos nobres de toda a França estavam presentes, inclusive o homem mais belo que ja vira em minha jovem vida, não, não era Juste, Juste era Justo, e não belo. O que pra mim depois de alguns anos não importava mais. Charles Magne, esse era o nome dele, esse sim era maravilhoso. Ele possuia uma aura de encanto que me prendia o olhar. Pudera, eu estava diante do filho mais velho do rei Pepine, já moribundo e todos diziam que em breve aquele príncipe iria subir ao trono.
No entanto, naquela noite, o príncipe subiu foi a meu quarto.
Horrorizada com a chance de Juste, meu noivo, descobrir o que havia acontecido, resolvi me calar e desistir do casamento. Seria escurraçada por meu pai, mas não seria degolada por traição pelo menos. mas não foi possivel. Nove meses eu ostentava uma enorme barriga, Juste no entanto, mesmo descobrindo o fato, foi a meu quarto, disse que se casaria comigo, assumiria o filho e que depois eu teria que observar ele se deitar com toda e qualquer vagabunda que apenas olhasse na direção dele, como eu fiz com o príncipe naquela noite. E assim foi feito, Juste não era assim tão justo? ou Será que eu é que mereci tal destino?
Anos depois, farta de tanta humilhação, implorei para ser mandada para um convento, onde aqui estou, morrendo e escrevendo estas ultimas palavras.
Na noite que você fugiu Leona, Juste quase me matou. Ele a amava mais do que qualquer coisa. Culpava seu temperamento indomável ao meu destempero e irresponsabilidade. A afronta que você fez a ele foi como uma lâmina no coração que ele não podia tirar. Ele mandou caça-la sob meus protestos, mas depois entendi que ele o fez para evitar que você caisse nas mãos do Rei. Mas pelo visto aconteceu coisa pior.
Quando partimos de Mulhouse aquela noite em direção á Germânia, fomos atacados na estrada, Juste foi assassinado e eu sequestrada. Descobri que os proprios homens do Rei foram os autores e que a mando dele, você deveria ser encontrada e trazida a ele.
Como minhas ultimas palavras minha filha, só me resta pedir seu perdão. Fui fraca e coloquei você no Mundo em meio a um turbilhão de guerras e sangue. Sei que um futuro glorioso aguarda você agora e eu, me entrego nos braços da morte e provavelmente enfrentarei meu julgamento no inferno. desejo que seja feliz minha amada Filha e saiba que no fim da vida seu pai deixou para ti uma grande herança, seu Pai, Imperador Carlos Magno, não deixaria uma filha desamparada. Não deixaria...

Com amor, Sua Mãe, Violette


_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Domitilla em Seg Jul 11, 2011 2:54 pm

Primeiramente, comentário da jogadora: "Ui."

Agora, me recompondo... (já disse que eu adoro histórias cheias de drama?)

Bom, Leona fica estarrecida e durante muito tempo em choque, depois de súbito manda que preparem uma viajem à Roma (ou a onde quer que ele tenha morrido) e segue com a intensão de fazer valer a sua herança e rezando para que não seja morta pelo caminho, manda arrumar uma boa escolta (Mihaela e Safyia, lógico) e sem contar a ninguém o porquê (ela alega só que está um pouco cansada das terras da Croácia e que deseja visitar um local diferente (férias). Passa quantos meses organizando a viagem para que nada estrague, guarnece Zagreb e deixa Wanessa no comando, alegando que pra onde ela vai ela não precisará dos conselhos de sacerdotisa dela e que ela precisa mais de Wanessa em Zagreb enquanto ela estiver fora, ela pretende fazer essa "excursão" o mais breve possível e resolver o que tiver que resolver o mais rápido.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Dungeon Master em Seg Jul 11, 2011 3:34 pm

Bico mode ON
Crying or Very sad <-- Moxinha lendo a carta.
Bico mode OFF
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Yorick em Ter Jul 12, 2011 9:44 pm

Leona descobre que o imperador morreu na Germânia, na cidade de Aachen, proxima a fronteira com os Países baixos ou Borgonha. Tudo corre como o planejado e Safiya providencia uma pesquisa sobre a herança de Carlos Magno e Leona poderia ver se de alguma forma foi contemplada.( Não necessariamente Leona precisa contar pra Safiya e Mihaela o segredo, safiya não faria perguntas nesse caso, mas fica a cargo dela) Seus contatos informam que existe um decreto assinado pelo proprio que beneficia possiveis filhos bastardos, contanto que possam provar o vinculo de sangue. Diante dos documentos de titulo que ela possui, como condessa de Mulhouse é possivel que aqueles que conviveram nos ultimos dias com a mãe de Leona, Violette possam ajudar.
Isso Obriga Leona a uma escolha. Seguir para Paris e depois para Aachen ou enviar alguém para Paris enquanto segue para Aachen, ou vice versa.

Leona descobre também que a Principe de Mulhouse, Lady Eletria andou pesquisando nas mesmas fontes que ela, sobre hernaças de Carlos Magno e que de alguma forma, um registro de pedido de Reconhecimento em nome de Leona de Notreville já foi iniciado.


_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Domitilla em Qua Jul 13, 2011 12:00 am

Leona envia Safyia até Paris para descobrir pessoas próximas de Violette para que ela me traga algumas e viaja para a Germânia afim de encontrar o que restou da família de Carlos Magno e possivelmente encontrar o herdeiro ao trono dele para então poder reivindicar ao que ela tem direito, ela faz tudo sem contar a ninguém, ela quer manter em segredo absoluto de todos, até de Nichola.

Envia uma carta à Lady Eletria para saber mais informações sobre a pesquisa dela e se apresenta como Leona mesmo.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 2:10 am

Safiya escreve uma carta de Paris dizendo que tal pessoa não existe. Não há sequer um registro de alguém chamada Violette com as caracteristicas dadas por Leona e ninguém parece ter ouvido falar dela. Ela pergunta se deve encontra-la na Germânia ou se deve procurar de outra forma.

Quanto a Lady Eletria, ela responde a carta de forma nervosa e incredula e ao mesmo tempo euforica, alternando elogios pela posição de Leona entre os cainitas e medo de que tenha havido um mal entendido. Convida Leona para se encontrar com ela em seu refugio em Mulhouse, onde talvez as coisas sejam esclarecidas.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Domitilla em Qua Jul 13, 2011 1:22 pm

Então Leona responde à Safyia que se encontre com ela em Mulhouse e prepara a viagem para encontrar Lady Eletria.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 1:55 pm

Alguns meses depois, Safiya e Leona chegam a Mulhouse onde encontram Lady Eletria receptiva e empolgada, ela pasma ao ver Leona (isso será eterno tongue ) e depois de se recuperar a convida para uma conversa em seu belissimo palacio. Leona chega a se "envergonhar" de algumas construções de Zagreb mas porém tem varias ideias de melhorias a serem feitas.
Eletria diz que conheceu Violette pois na epoca era a esposa do Conde, maior nobre da cidade e logicamente os cainitas estavam todos ao redor dele, embora nenhum tivesse conseguido torna-los lacaios. Diz que o ocorrido com afilha deles foi um golpe para o pretigio do pai e que começaram a enfrentar uma decadencia muito grande até chegarem a beira da falencia. Quando Juste foi morto, Violette foi sequestrada e o resto da familia fugiu pela europa, deixando o castelo e seus tesouros a merce de saqueadores e um Barão vassalo de Juste exigiu ser reconhecido como Conde. Os cainitas então o apoiaram e assim foi feito.
Por dedução ela diz acreditar que vc é a filha desaparecida de Juste e que segundo os relatos de Violette a ela antes de morrer é na verdade filha de Carlos Magno. Por fim ela confessa que foi a portadora da carta e que enviou a mesma para Leona, diz que tudo será finalmente explicado se ela aceitar viajar com ela até Amsterdã, onde encontrará uma pessoa que poderá falar por Violette.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Domitilla em Qua Jul 13, 2011 2:43 pm

Leona tenta não se abalar e aceita ir até Amsterdã, não dá detalhes de nada para Safyia, só pede que ela acompanhe as duas na viajem que ao final de tudo Safyia entenderá o que está acontecendo.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 2:54 pm

Safiya não faz nenhuma pergunta, segue em silencio e a postos para qualquer emergência, visto que seu trabalho ali é importante e diz que não confia na Toreador.
Ao chegarem em Amsterdã são hospedadas no castelo do jovem Conde Caesar St Clair. Ele é um dos homens mais belos que Leona já vira e logo ela percebe se tratar de um Lacaio. Eletria corta os galanteios do nobre e pede para que ele chame sua senhora, ele prontamente o faz e Leona se depara com ninguém menos do que a Propria Violette di Notreville,sua mãe e tb uma belissima vampira do clan Toreador.



Ela chora ao ver Leona e tenta abraça-la, caso ela deixe ou não, diz que sabe que muitas coisas devem ser explicadas e que ela não deixou de procura-la uma só noite sequer, apenas após a morte do Imperador é que seu paradeiro foi descoberto. Ela diz ser prole de Lady Eletria e serve ao Príncipe de Amsterdã como senescal. Diz que entrou com o pedido de reconhecimento em nome de Leona pois acreditava que estaria morta, mas que Eletria revelou a ela que a havia encontrado ha alguns anos mas espereou que o Imperador morresse para pedir o reconhecimento e assim atrair sua atenção. Não poderia se arriscar a ir até a Croácia pois sabia da situação tensa naquele lugar e não poderia interferir nos assuntos Ventrue, ainda mais sendo ela prole de quem é.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Domitilla em Qua Jul 13, 2011 3:35 pm

Leona tenta se conter mas acaba chorando um pouco também, pergunta por onde ela esteve, o que aconteceu, como ela escapou, porque ela nunca contou nada a ela, desde quando é vampira e o que ela faz em Amsterdã.

Enche ela de perguntas, hora nenhuma Leona está revoltada em saber da notícia (sobre a real paternidade), ela fica muito feliz com o reencontro com a mãe e diz que ela vai morar com ela na Croácia, se assim Lady Eletria permitir.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 10:13 pm

Violette diz que estava morrendo de uma doença estranha no convento quando recebeu a visita de Eletria, que a ofereceu a imortalidade e ela aceitou. Durante anos ela foi treinada nas artes dos Toreador e desenvolveu seus dons artisticos de escultura (ela mostra uma estatua em tamanho natural de Leona que ela fez de acordo com a aparencia que ela achava que sua filha estaria se estivesse viva, A escultura da medo.)

Diz que se tornou imortal pouco mais de 10 anos depois que Leona fugiu e que Lady Eletria é uma otima senhora e a ensinou tudo o que sabe. Ela fica radiante por Leona não ter odio dela e ainda mais feliz pelo convite, porem antes que Lady Eletria diga algo, ela diz que adoraria visitar zagreb, mas que o lugar dela é em Amsterdã. Que em breve ela deve tomar o principado se os planos de Lady Eletria der certo e que seria muito mais proveitoso para ambas se uma pudesse ajudar a outra com seus recursos. Ela diz que fará um refugio para Leona em Amsterdã e que quer um para ela em zagreb e que as duas nunca mais ficarão muito tempo sem se verem. Pede um abraço a filha.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Domitilla em Qui Jul 14, 2011 11:48 am

Leona abraça a mãe mas não responde a oferta do refúgio, parece nitidamente frustrada por ter que deixá-la ali, mas diz que ela pode ir até Zagreb escolher qual refúgio ela quiser para ela. (Viktor mode ON, ela é mimada o tempo todo com todo mundo fazendo o que ela quer, quando não fazem ela faz bico Very Happy ). Diz que adoraria que ela fosse a Zagreb conhecer o esposo dela e a família que compõe a nobreza de Zagreb. Fica alguns dias em Amsterdã e apesar dela achar a cidade linda, ficou com birra e reclama dela o tempo todo com Safyia mas nunca na frente nem da mãe e nem de Eletria. Depois convida as duas para Zagreb e diz que vai até o herdeiro de Carlos Magno reivindicar a parte dela.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Yorick em Qui Jul 14, 2011 1:29 pm

Violette percebe a frustração da filha (afinal é mãe dela) e se mostra trite por não atendê-la, mas mesmo assim volta a sorrir e diz que elas devem aproveitar a noite e que tem muitas coisas a contar. Que quer saber como é ser um Ventrue, de como conseguiu chegar a tal posto e que se sente orgulhosa por isso. Diz que se Eletria permitir (e ela permite) ela seguirá para zagreb assim que Leona retornar, quer conhecer o genro e a cidade. No modo Toreador On, da dicas de beleza e roupas para Leona, Safiya e qualquer mulher que esteja na comitiva de Leona e as dicas são muito boas.

A propria Violette a leva até o herdeiro, na verdade uma junta de nobres designada para lidar com a questão dos bastardos, devidamente comprovada a documentação, Leona é "obrigada" a passar por uma situação constrangedora, é pedido que ela fique nua diante de um grupo de nobres (mulheres entre eles) e ela descobre que possui uma pequena marca de nascença nas costas alguns cm acima do cox, uma mancha escura estranhamente no formato de uma meia lua. Após isso ela é reverenciada como herdeira do Imperador carlos Magno (o documento diz que ela é bisneta dele) e recebe documentos de posse e cartas de pagamento referentes a sua parte do spolio real.

(basicamente maninha, coloque + 2 em recursos, que são 3 grandes terrenos na Europa, cada um deles maiores que o terreno onde esta o castelo de Dálmata. Um fica na Germânia, perto de Hamburgo, outro fica em Praga e o ultimo em Lion, na França. Além dos terrenos, há uma boa quantia em ouro e joias e na lista consta uma espada, referida como a espada que o Imperador usou durante seus ultimos anos em combate. Quando ela chega até Leona, ela percebe ser uma espada feia e sem graça, feita de bronze e com uma pequena caveira esculpida no cabo, porém ela nunca viu nada cortar mais do que o fio daquela espada e Safiya diz que aposta sua pós-vida que aquilo é mágico. Diz tb que é possivel que Verica consiga melhorar a cara daquela coisa.)

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Domitilla em Qui Jul 14, 2011 2:57 pm

Obaaaaaaaaaaaaaa!!

Certo, ela pega o que é dela e vaza para Zagreb o mais rápido possível.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 815, Morre o Imperador Carlos Magno, Uma carta para Leona

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum