A cidade de Vulkovar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Seg Jul 11, 2011 7:43 pm

Leona escuta atentamente sobre a situação da cidade e considera as opiniões de Mihaela, entra em contato com o governante vampírico de Sisak e com Jerko, manda que eles mandem homens para a cidade, cuidem da criminalidade. Investe um dinheiro para a construção de um porto e dá início a uma armada naval, quanto ao príncipe da cidade, manda que Mihaela vá até lá como representante da Lady da Croácia e acabe com a bagunça que ele instaurou no lugar, envia uma carta a ele:

"Ano (não sei qual), cidade de Zagreb, Croácia

Ao ainda príncipe da cidade de Vulkovar, Slobodan Vaselko.

Caro senhor,

Venho por meio desta, recobrar-lhe a sanidade que muitos alegam que o senhor perdeu.
Desde que me tornei Lady das Terras da Croácia, o território da Panônia ainda se mostra um mistério para mim e por isso venho pedir que o senhor compareça ao castelo de Sisak para que possamos tratar com o senhor uma aliança benéfica a ambos em relação à sua belíssima cidade de Vulkovar, caso o senhor não compareça devo entender que o senhor não deseja uma aliança e então mandarei alguém até Vulkovar reclamar a cidade.

Esperançosa de que sua decisão seja a melhor para ambos e o desejo de bons ventos para tua cidade.

Leona de Notreville, Príncipe de Zagreb, Lady das Terras da Croácia, Filha de Mithras, Filho de Vedharta."


Esta carta é encaminhada juntamente com as ordens para a cidade (então, tecnicamente, ele está sendo o último a saber)
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Dungeon Master em Seg Jul 11, 2011 7:55 pm

Mihaela faz exatamente o que Leona pediu. Aproveita também para dar uma olhada nos parentes vivos, de preferencia qual deles tem o título de barão.
bom
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Ter Jul 12, 2011 8:06 pm

Para a surpresa de Mihaela e Leona, a brujah descobre que o príncipe não passa de uma marionete nas mãos de alguém. As tropas de Sisak encontram uma resitencia enorme quando tentam acabar com a criminalidade, como se os bandidos tivessem uma força fora do comum e lutassem por algo, ou alguém.
Mihaela encontra o príncipe estaqueado em seu proprio trono e é atacada por uma horda de carniçais e vampiros, alguns deles exibem estranhas escamas de serpente e suas línguas ferem tanto quanto as garras de um gangrel.
Não fosse a habilidade enorme da Brujah no manuseio da espada, ela teria perecido para os seres malignos.Uma vez derrotados e destruidos os inimigos, Um pouco ferida, Mihaela começa a perceber uma espécie de padrão em certas informações vindas das ruas e do conhecimento, como o fato do principe ser um colecionador de serpentes e a cidade estar a mercê da corrupção. Nada mais era que um trabalho de um infame membro dos Seguidores de Set (ou de um grupo deles)

Os homens de Jerko enfrentam muitos problemas ao implantar as melhorias impostas por Leona enquanto Mihaela tem o ainda príncipe em seu poder aguardando seu destino.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Ter Jul 12, 2011 8:24 pm

BUAHAHAHAHAhA Leona mata a cobra e mostra o pau HAUAHUAHUAHUAHA Twisted Evil
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Ter Jul 12, 2011 10:06 pm

Quanto ao Barão de Vulkovar, Mihaela encontra uma nobre bela porém corrupta. Em seu castelo pode-se ver todo o tipo de crueldade e uma quantidade de escravos fora do normal, inclusive a maioria pertencentes ao grupo exotico de pele escura vistos com os arabes nas ruas da cidade. Se Mihaela entra nos dominios da Nobre, percebe o mesmo clima de perversão e luxuria dos dominios do Príncipe e a mesma atende pelo nome de "Baroneza Mihaela Mac III - A Akrio" e se veste com ornamentos persas, arabes e egipsios. Shinda diz que aquele lugar é cheio de espiritos malignos e impregnado com energia Yang, porem corrompida.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Dungeon Master em Ter Jul 12, 2011 11:51 pm

Ela reporta tudo a Leona, porém pede uma audiência com a Baroneza. Se esta a consede pergunta quem a batizara de Mihaela Mac III, visto que para ter uma segunda teria que ter sido parida da primeira o que é impossível de ter acontecido ou se ela apenas adquiriu o título de outra forma. Claro que ela tenta ser o menos rude possível.
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Ter Jul 12, 2011 11:55 pm

Impõe caçada de sangue contra qualquer setita ou aliado de setita da cidade, envia Safyia para investigar os possíveis pontos de ação e quem sabe chegar até o líder da bagunça. Ordena que mais tropas sejam enviadas para que a cidade seja limpa novamente.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 2:31 am

A nobre, apesar de toda a corrupção, não demonstra agressividade nem se porta de forma hostil. Ela fica embasbacada com a aparencia de Mihaela e diz que na verdade escolheu o nome em homenagem a uma filha perdida de seu avô, o verdadeiro barão de Vulkovar. Ela explica que é filha de um filho distante do barão, unico vivo de sua linhagem capaz de reivindicar o titulo.
É gentil o tempo todo com Mihaela e pergunta o por que do interesse, se ela é uma parente distante ou algo do tipo.
A atitude apesar de não combinar com a escravidão e as crueldades vistas pelo castelo não parece dissimulada, mas Mihaela tem a sensação de estar sendo observada o tempo todo.

Quanto as atitudes de Leona, foi como colocar fogo em um ninho de víboras. Elas começam a correr e fugir para todos os lados. A lady da Croácia percebe que a cidade estava literalmente infestada de serpentes, de todas as gerações e etinias, como se fosse um ponto de peregrinação.

Após algumas noites de guerra e caçada implacavel, os homens do exercito de sisak chegam com a informação para Leona e Mihaela da existencia de um templo dedicado a Set escondido nos arredores de Vulkovar, mas que não o invadiram por desconfiarem de que os lideres dos setitas na cidade estão escondidos ali e que devem ser os mais poderosos.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Dungeon Master em Qua Jul 13, 2011 2:52 am

Mihaela pede para a baronesa chamar pelo mestre dela, afinal, ela gostaria de uma conversa com ele. Se a moça se espantar e dizer que não possui mestre, Mihaela diz que fez uma confusão linguística e que chegara a pouco tempo nestas terras. Se a moça chama o mestre, bem, nem preciso dizer que o safadinho vai ser observado de baixo a cima, porém ela nunca entrega seu próprio nome.
Quanto ao ninho de serpentes, Mihaela está ao dispor de Leona, porém avisa tudo o que acontecera, inclusive da força das serpentes e de sua audácia e esperteza, logo, eles já devem estar preparados para nós e será uma armadilha e tanto.
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 3:07 am

A nobre não demonstra medo ou surpresa mas diz que sua mestre não a visita já ha algum tempo. Diz que sabe da presença dos homens de Sisak na cidade e que dado as circunstancias, Mihaela deve ser alguem importante. Diz que não teme por sua vida mas pede para Mihaela considerar todos os lados da situação. Que vampiros são seres corruptos por natureza e que pessoas como a mestre dela podem ser uteis se souberem como faze-lo. Mihaela imediatamente percebe que a sensação de estar sendo observada desaparece.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Dungeon Master em Qua Jul 13, 2011 10:32 am

Mihaela pergunta se a baronesa já responde por si, já que não tem uma tutora presente. Se a baronesa responder que sim, diz que ela adotou um nome ao qual não poderia, que foi ofensivo a forma como agiu com esse nome de escudo em sua frente e por isso nunca poderá perdoá-la, depois disso fica a cargo de vc paulo, visto que se estrategicamente correto for matar a moça ali de uma vez, ela o faz, se não ela sairia depois dessas palavras e faria a vontade de Leona. Se a baronesa responde que não, então Mihaela pede para que a baronesa chame o ser responsável por ela, e que sabe que este não está longe, já que ou essa pessoa ou alguém submisso a ela estava observando tudo.
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Qua Jul 13, 2011 1:02 pm

Leona não quer papo com setita, envia uma carta aos principais príncipes e aliados da Croácia, requisitando ajuda para limpar um importante veio comercial do país e manda organizar um cerco ao templo, designa Mihaela e Verica como líderes do cerco e requisita ajuda do farmacêutico hermético com as proteções místicas (basicamente ela pede favores e paga com favores a ele). Ela não quer saber de conversa, só se partir do líder deles na cidade, caso ninguém apareça ela manda atacar o templo e seus setitas.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 1:23 pm

A baronesa diz que não teve intenção de desrespeitar o nome visto que não imaginava que alguém se importaria. Diz que sempre agiu por si mesma, e que sua mestra apenas pagava os favores que pedia a ela. Porém Mihaela percebe que a baroneza, muito provavelmente uma lacaia está completamente fora de si e com certeza, em sã consciência não sujaria o nome da familia, ela parece presa em uma realidade falsa de corrupção e ilusões, completamente louca.

Nesse momento Mihaela escuta um xiado típico de uma grande serpente e observa ao longe uma enorme naja negra descer por uma das grossas pilastras do palacio, lentamente ela toma a forma de uma bela mulher de cabelos vermelhos e reverencia Mihaela, dizendo que reconhece seu status e não imaginava que o sucessor de Petar Kreshmir se importaria com algo que o mesmo cultivou por séculos. Diz que seu nome é Eireen An Ka Weser Sutek, mas que a chamam apenas de Eireen.



Se Mihaela permite, ela diz que pode consertar os estragos e as ofensas que foram feitas pois nunca se negaria a aceitar a autoridade de um Príncipe se essa fosse imposta a ela e diz que pode oferecer seus serviços ao reino de Leona se lhe for dada a chance. Ela não dá um passo sequer para frente e sua postura não é de ataque ou hostilidade.

Quanto ao cerco, ele é feito de forma perfeita e os vampiros, lacaios e mortais que se encontram no templo saem dele se rendendo sem oferecer nenhuma resistencia nem atacar nenhum soldado, O sumo sacerdote implora por uma audiência com Leona.

(a cena com Mihaela pode ter acontecido entre as investidas de Leona e pode ser dividida em idas e vindas, logo não acontece ao mesmo tempo do cerco, a resposta dela pra setita, pode então influenciar na atitude de Leona)

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Qua Jul 13, 2011 1:25 pm

Concede a audiência ao sumo sacerdote.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 1:30 pm

O Sumo sacerdote diz que o templo é dedicado a Sutek, deus das tempestades do egito e que ensina a trilha da serpente, como um sacerdocio cinzento. Diz basicamente a mesma coia que Eireen disse a Mihaela, que Petar permitia a presença deles em Vulkovar em troca de favores e que inclusive foram eles que o ajudaram a fugir sem ser visto na noite do ataque dos Sanjayans ao castelo de Dálmata, no entanto, o Clan Setita não tem interesse em declarar guerra aos principes, mesmo por que isso seria estupidez e que os grandes governantes vampiricos conhecem pelo menos um setita que faz trabalhos sujos para ele. Um setita não é diferente de um Nosferatu ou de um Assamita dependendo do ponto de vista. Diz que a anciã do clan na cidade está disposta a oferecer os prestimos do clan á Lady da Croácia e ajudar a limpar a cidade se for o desejo dela.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Dungeon Master em Qua Jul 13, 2011 2:03 pm

Mihaela diz que gostaria muito que as ofensas feitas ao nome dela e a família dela fossem corrigidas o mais rápido possível, mas se mostra mais calma visto que agora esta conversando com quem pode resolver a situação. Deixa claro a Eireen que usar a família Mac a partir de agora é buscar pela fúria de Mihaela, mas que ela admite que ter alguém como Eireen pode ser de algumas formas vantajosas a Lady da Croácia e pergunta se é ela mesma quem responde pelo clã em Vulkovar e se era ela mesma que comandava o príncipe da cidade.
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 2:10 pm

Eireen diz que sim, que o principe era um peão indicado por Petar e que é ela que lidera os Setitas de Vulkovar. Diz que a familia Mac só foi usada por que estava em posição de destaque na cidade e que a a partir de agora não se meterá com eles. Diz que neutralizará os principais pontos de corrupção da cidade e que se for mesmo servir a Leona que apenas precisaria que o templo funcionasse. Ela o usaria como refugio e se beneficiaria apenas da corrupção natural da cidade, que segundo ela ja é grande por se tratar de uma cidade portuária. Ela pormete não expandir as teias de corrupção sobre os inocentes e nobres a não ser que seja procurada por eles em busca disso.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Qua Jul 13, 2011 2:41 pm

Então, pede que a senhora venha até ela para tratarem de negócios.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Dungeon Master em Qua Jul 13, 2011 3:10 pm

Ela diz que os assuntos sobre a cidade devem ser tratados com a senhora dela e que poderia a levar em Zagreb com segurança se esta quizer. Quanto a família ela pergunta o que Eireen sabe sobre os atuais Mac e apontando para a garota pergunta se ela realmente é uma Mac. Por fim diz que é uma indelicadeza não se apresentar verdadeiramente já que agora a situação mudou e assim Mihaela o faz.
(Porem o tempo todo se dirige a Eireen)
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qua Jul 13, 2011 9:58 pm

Ao ouvir o nome de Mihaela, a baronesa fica palida como um fantasma e não sabe onde enfiar a cara. Eireen diz que sim, ela é uma Mac, mas não pura. Ela é viuva de um membro da familia, porem este não tinha um titulo de nobreza quando morreu e ela acabou forjando um meio de conseguir os da filha do barão. Eireen explica que foi facil convencer os outros nobres através da sedução e da corrupção.

Eireen agradece a oferta de Mihaela mas diz que prefere comparecer diante de Leona por seus proprios meios, que em uma semana estará em Zagreb e que não deixará de comparecer.

Se Mihaela permite , exatamente em uma semana ela chega ao palácio de Dálmata acompanhada de uma pequena comitiva com um guarda-costas e alguns lacaios, mas não parece de forma ameaçadora. Os homens de Sisak reportam que nessa uma semana, os habitantes estão mais calmos, alguns deixam a cidade e os sacerdotes deixam de atrapalhar as obras de melhorias que Leona ordenou que fossem feitas. Parece que até o ar está mais leve em Vulkovar.

(caso Mihaela insista em leva-la, a viagem dura basicamente o mesmo tempo e ela chega sem sua comitiva)

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Dungeon Master em Qua Jul 13, 2011 11:21 pm

Mihaela assente com a cabeça e diz que a unica coisa que realmente faz questão é do nome ao qual a serva dela esta usando, de resto ela resolve com Leona. Depois disso Mihaela volta as suas funções designadas e deixa as duas em paz esperando para ver se Eireen cumprirá sua parte do acordo.
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Qui Jul 14, 2011 11:42 am

Leona recebe Eireen com seus conselheiros e lacaios treinados para combate, ela não quer ser pega desprevenida, antes da chegada deles ordenou que cada vampiro e cada lacaio que more no castelo não permitisse que os "convidados" perâmbulassem pelas dependências do castelo sem estar devidamente observado.

(Basicamente, a setita pode não estar hostil, mas Leona não quer dar brecha)
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qui Jul 14, 2011 1:10 pm

Eireen não se importa com a recepção desconfiada, mas demonstra muito respeito para com a Lady da Croácia. Inicialmente pede perdão pelas ocorrencias e diz que o clan setita só leva a frente suas atividades quando não encontra oposição direta de um príncipe ou lord, caso contrário tenta sempre negociar seu espaço e suas atividades de acordo com as leis do monarca visto que mesmo os setitas mais velhos como ela são faceis de se detectar para olhos treinados e seria no minimo burrice desafiar uma Lady em seu territorio. Diz que se Leona quiser, ela deixa a Croácia para sempre, porém diz que pode ser muito util como espiã, assassina e conselheira mística (o que faz Safiya torcer o nariz) Diz que além dessas funções, setitas costumam ser usados por principes como sabotadores e criadores de intriga entre os inimigos. Diz que se for da vontade dela, apenas precisaria manter o templo como base de operações, mas que garantiria que o memso não causasse mais corrupção e danos a cidade do que a mesma faria sem ele e de acordo com os limites impostos por Leona.

Ela se cala e espera pelo veredicto de Leona.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Domitilla em Qui Jul 14, 2011 5:52 pm

Leona pondera a utilidade de um setita e aceita que ela permaneça na cidade, mas o que o poder do clan ficará restrito ao templo, um novo governante será nomeado para a cidade cabendo a ela auxiliá-lo também.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Yorick em Qui Jul 14, 2011 9:45 pm

Ela agradece imensamente e diz que voltará logo a Vulkovar, entrega a Leona uma lista de vampiros e lacaios que usam o templo como refugio e diz que qualquer outro será informado a ela anteriormente. Diz também que ajudará o novo governante com prazer e que está a disposição para qualquer ordem da Lady.

Para Mihaela, ela entrega documentos e mandtos de pagamento referentes ao tesouro de seu pai, diz que a atual baronesa será morta se assim ela desejar e que cuidará do castelo até Mihaela escolher quem vai ocupa-lo.

(Mihaela ganha + 1 em recursos, o que inclui o terreno e o castelo Mac em Vulkovar e o terreno e o antigo castelo Mac em Zagreb, o de Zagreb é muito grande, só perdendo para o de Dálmata, ja o de Vulkovar é bem modesto e nem se compara com o antigo. Algum ouro e joias tb são obtidos. Note que o que Mihaela achou no tumulo foi o documento que atesta o titulo apenas, agora sim ela tem direito ao spolio.)

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A cidade de Vulkovar

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum