O Fim das Trevas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Fim das Trevas

Mensagem  Yorick em Qua Abr 18, 2012 2:51 pm

Nos primeiros anos de batalhas pela Europa, a Sociedade cainita passa por uma revolução filosófica e começa lentamente a abandonar o sistema de feudos, monarcas e lords para assumir, devido aos lados da Cruzada, a união em blocos distintos e coesos.

Isso acontece pois com o caos gerado pelos anarquistas, os anciões que tentam permanecer neutros, ou sem alianças, tornam-se alvos fáceis, visto que os primeiros a assumirem uma fragil porém crescente organização são os Anarquistas. Logo, um bando de anarquistas, com um líder e membros com funções e estrategias definidas podem derrotar facilmente um ancião arrogante e prepotente que acredita ser capaz de lidar com um bando de neofitos que acredita serem idiotas e desorganizados.

Devo dizer que isso leva MUITOS aniões á morte final e em um período de 20 anos a população cainita da Europa é reduzida em 1/3.

Seguem as coalisões, ainda em estado de recrutamento, mas crescente.


O Movimento Anarquista:

Antes uma aliança feita por líderes de grupos espalhados, proles desgarradas e sociedades secretas, esses cainitas agora se juntam sob o mesmo nome. A Liderança é daqueles que destruiram os fundadores do clan Tzmisce e Lasombra, logo temos Gratiano e Lugoj como senhores e líderes supremos do movimento. Aliados a eles e tão influentes quanto, estão a Heresia Cainita, que integra o movimento como uma grande seita Cinzenta com sacerdotes doutrinadores que fazem de sua crença a base religiosa e filosófica do Movimento. Aparentemente a Heresia Cainita desapareceu por completo. Seus templos foram destruidos e seus líderes esquecidos. na verdade eles apenas assumiram outra identidade dentro do Movimento, e são chamados por eles apenas de sacerdotes. O interessante é que em cada grupo de anarquistas existe sempre um sacerdote, que trabalha como mentor espiritual e lida com assuntos místicos.

Outro Braço forte do movimento anarquista está no apoio maciço de dois clans, o Clan Brujah e o Clan Assamita.

O Clan Brujah criou dentro de si duas facções, chamadas de Idealistas e Iconoclastas. Os Iconoclastas (atualmente quase a maioria) apoiam a abraçam o movimento, já que são formados por crianças e ancilae rebeldes e/ou insatisfeitos com as atitudes dos anciões, mas de uma forma diferenciada. Eles acreditam que os anciões ficaram acomodados com os séculos e se aliaram a clans traidores que no passado teriam destruido o clan Brujah se pudessem e se esqueceram da filosofia revolucionária que Troile pregara desde o início.

Já o Clan Assamita, apoia o movimento em sua totalidade. salvo alguns membros desgarrados ou presos a laços de sangue, os Anciões de Alamut juraram apoiar e defender o movimento Anarquista como seu, pois acreditam ter sido prejudicados pelos outros clans que apoiaram os cristãos em suas cruzadas, o que levou a destruição de incontáveis cainitas do clan Assamita e seus parentes árabes e muçulmanos. Eles dizem que agora é a hora de cobrar dos anciões Ventrue o sangue derramado por sua conivência.

Sendo assim, o Movimento Anarquista possui em seu braço bélico a força do clan Assamita e do clna Brujah e em seu braço Místico o conhecimento e o poder da Heresia Cainita.

A Camarilla

Basicamente um movimento de resposta e reação contra os abusos e atrevimento dos anarquistas, um grupo fundado por um círculo de Anciões e Matusaléns dispostos a colocarem suas crianças rebeldes em seus lugares nem que para isso tenham que destruí-las. Inicialmente o círculo é formado pelo comprometimento de alguns clans como um todo, na autoridade de seu matusalém mais antigo em atividade, onde este clan se compromete a ajudar e financiar a guerra contra os anarquistas em qualquer lugar da Europa, custe o que custar. Interessante é observar que isso coloca fim (ou pausa) na Guerra dos Príncipes, já que disputas e guerras pessoais entre os matusaléns e entre os clans em si são deixadas de lado em prol da sobrevivência mútua desses anciões (ou assim esperam que aconteça).

Inicialmente esses são os Clans que deram sua palavra no Conclave de Londres.

Ventrue (Mithras)
Toreador (Helena)
Brujah (Idealistas- Hannibal)
Malkavian (Lady Evidakia)
Tremere (Merlinda)

É desta forma que o conceito de High Clan e Low Clan começa a se desfazer, visto que a seita nascente é composta por representantes das duas classes e que todos buscam o mesmo objetivo.
Os outros clans, ou agem como mercenários ajudando e informando ambos os lados ou ainda estudam ingressar diretamente em um deles.

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum