O Grande Primeiro Conclave

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Yorick em Sab Abr 21, 2012 5:47 pm

Depois dos preparativos de Leona, uma grande estrutura em Zagreb é montada. Mithras chega por ultimo acompanhado de uma mulher diferente, vestida em uma armadura, com feições sérias e aparentando ser uma nobre experiente.

Todos se reunem em um grande salão escolhido a dedo por Leona e a reunião começa com Mithras discursando sobre os tempos dificeis da sociedade Cainita, e como as ideias de um grupo de jovens (ele apresenta Laurence e o Le Masquerade) serão de profunda importância para a sobrevivência da sociedade cainita como um todo e seus anciões.
Ele propoe alguns assuntos a serem discutidos, alguns triviais, como a aprovação do nome Camarilla, o que é unânime e outros mais polêmicos.

- A extinção da nomenclatura baixo e alto Clan
- A criação da máscara como lei suprema e inviolável
_ A criação de cargos executivos e funções definidas para a estratégia da "Seita"
- A discussão dos níveis hierarquicos abaixo dos matusaléns.

No entanto, como era de se esperar, os representantes dos outros clans, na figura de seus matusaléns, apresentam exigências, ou no caso dos Toreador, favores requeridos para a entrada definitiva do clan como todo na Camarilla.

Hannibal, em nome dos Brujah, pede para que o grupo ajude a acabar gradativamente com a vassalagem entre clans e Lords matusaléns. Que a autoridade maior sejam simplesmente os príncipes de cada cidade e que a unidade em um território seja feita através da aliança e não da submissão. Além disso ele pede o fim da vassalagem individual ( o que notóriamente atinge Leona, Safiya e Mihaela) Ele explica que seu pedido tem como intuito mostrar a sociedade cainita que os abusos dos anciões sobre suas proles é uma prática abominada pela Camarilla e que os mais jovens não devem temer injustiças por parte de seus senhores, minando assim, aos poucos, os argumentos dos anarquistas para atrair os mais jovens.

Helena, em nome dos Toreador pede para que seja criado um sistema marcial, um tribunal que julgue e puna criminosos e que sejam criadas regras e punições para cada crime. Ela pede também para que seja criado em cada cidade, um local especifico, planejado e bem definido que se chamará Elysium, onde não poderá, de forma alguma haver disputas, combates e ofensas entre cainitas de nenhuma forma. Ela diz que isso será o legado da Corte do Amor.

Já Merlinda, pede que o Clan Tremere seja aceito, respeitado e tratado como igual, e que lhe seja retirado todos os processos de caçadas, seja por qualquer motivo. Em troca desta anistia global, os membros do clan prometem proteger a Seita de qualquer inimigo ou ameaça com as quais eles possam lidar com sua magia.

Por fim, Evidakia diz que o clan malkavian não tem nenhuma exigencia a fazer, no entanto, exige que nada seja exigido deles.

Mithras sorri como se ja esperasse tais atitudes, e coloca os assuntos em votação.

(gostaria das opiniões e votos de Mihaela e Leona sobre os assuntos, principalmente sobre as exigencias Very Happy )

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Domitilla em Sab Abr 21, 2012 7:11 pm

Leona ouve tudo atentamente todas as proposições e exigências e logo após pede educadamente a palavra.

"Eu concordo e acho todas as idéias muito boas, a nomeclatura baixo e alto clã já não existe na Croácia há séculos, mas me perdoem, meus senhores, me parece da boca para a fora. (Leona faz um silêncio) Por qual motivo não temos um representante Nosferatu ou um Gangrel contrário às idéias anarquistas? Será que TODOS eles são anarquistas? Não há nenhum ancião com disposição de lutar ao nosso lado? Estamos propondo anistias, organizações, decidindo o futuro dos cainitas mas somos o alto clã decidindo tudo, sem a opinião dos que sempre estiveram embaixo, afinal, os Malkavianos sempre estiveram ao lado dos Ventrue e burrice nossa chamá-los de baixo clã e os Tremere, era questão de tempo, um clã em ascensão não pode ser chamado de baixo ou alto até que se decida o tamanho e a idade deles. Eu concordo com todas as exigências e acho realmente que deveríamos empregá-los, mas eu voto por trazer um representante de cada clã disposto a fazer parte da nossa luta. Eu voto pela anistia a TODOS os clãs que desejarem partilhar dos nossos objetivos. Eu peço desculpas se estou parecendo arrogante ou petulante, meus senhores, a única coisa que eu peço é que pensem no que estou dizendo."

Depois disso, Leona se senta um pouco envergonhada pois sempre que ela começa a defender seu ponto de vista ela se inflama.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Yorick em Sab Abr 21, 2012 8:54 pm

Helena diz que concorda plenamente com as palavras de Leona, mas que infelizmente apesar de anciões de todos os clans terem sido contactados, Setitas,Ravnos, Cappadocios e até mesmo Lasombra e Tzmisce não se dignaram nem mesmo a dar uma resposta. O Clan Nosferatu abertamente tem agido como mercenário, ajudando os dois lados e por fim o Clan Gangrel estuda o convite, mas se mostra muito indeciso e não respondeu ao chamado para esta reunião.
Hannibal diz que, talvez depois da divulgação das anistias, e do fim da vassalagem estes clans se sintam mais seguros e menos desconfiados em aceitar as propostas, pois ha de se convir que foram milênios de humilhação e perseguição.
Já Merlinda acredita que se deva ir mais fundo. Talvez se uma comissão de membros da Camarilla visitassem anciões desses Clans e tentassem descobrir algum problema grande que necessite de ajuda externa, o ato de ajuda-los pode ser o que falta para gerar esta confiança que ainda não existe.
Mais uma vez o assunto é posto em discussão e eles esperam por opiniões não só de Leona, mas de Mihaela e Safiya. Mithras pergunta abertamente o que todos acham sobre o pedido de Hannibal sobre o fim da vassalagem, o que significaria de vez o fim dos feudos. Ele olha para leona, como se perguntasse diretamente a ela se "você abriria mão de não ter mais suas guardiãs, caso elas desejem seguir seus proprios assuntos?"

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Domitilla em Dom Abr 22, 2012 12:53 am

Leona assente com a cabeça.

"Acho a idéia de Lord Hannibal muito boa, assim, os vampiros teriam escolha sobre quem seguiriam, talvez se isso não existe há alguns séculos atrás eu nunca tivesse minha querida Mihaela, mas acho importante que nesse momento elas decidam ou me seguir por amor ou seguir seus caminhos guiadas pela sua vontade. (Leona faz uma cara um pouco chateada e frustrada) De minha parte, elas terão todo o direito de ir e vir como sempre tiveram e só me chamaram de senhora se assim desejarem, afinal qualquer vampiro tem o direito de jurar lealdade a quem quiser e nem por isso seus senhores deverão ser punidos. Sou a favor da idéia de Lord Hannibal, mas que isso valha desde o sangue mais forte até o sangue mais fraco."

Leona parece um pouco entristecida mas concorda mais uma vez com a cabeça antes de sentar.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Dungeon Master em Dom Abr 22, 2012 1:14 am

( Comentário em OFF: Mal a Camarilla foi criada e o Hannibal da uma ideia pra acabar com ela, tinha que ser... Afinal a Camarilla lida o tempo todo com direito de vassalagem. O pior, Leona apoiou o Brujah idiota. auhauhauhauahuahuahuahu MEO DEOS lol! flower )
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Yorick em Dom Abr 22, 2012 2:18 am



OFF: Mas o que vc esperava do Hannibal? ele quer que a Camarilla seja outra cartago oras! uahahaahahahahahahau mas a intenção dele, na verdade a relação de vassalagem é da camarilla como um todo em relação aos outros cainitas, não necessariamente entre um cainita e o outro. A ideia é acabar com a ideia de um ancião mandar sozinho numa região cheia de gente enquanto isso pode ser dividido melhor entre outros cainitas competentes. Basicamente é a teoria por trás da criação dos estados, que naquela época não existiam. Ao invés de alguns nobres governando nacos de terra, cada qual com suas leis e subordinando outros e criando tensão e guerra o tempo todo, surge o estado, que unifica o poder nas mãos de um comando central, onde em TEORIA esse poder, e as vantagens desse poder são redistribuidos de forma mais justa para aqueles que vivem na região Twisted Evil

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Dungeon Master em Dom Abr 22, 2012 10:00 am

OFF: Pois é, a Camarilla não é isso. A camarilla tem sim anciões que governam pedaços enormes de terra e etc... Acho na minha opinião que a ideia dele não cabe em fator algum na camariila visto que ela foi feita para que os antigos "High Clans" mantivessem o poder em cima dos outros cainitas.
avatar
Dungeon Master
Admin

Mensagens : 312
Data de inscrição : 10/07/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Yorick em Dom Abr 22, 2012 2:18 pm

OFF: Tem sim esses fatores e sim com certeza o governo é dos high clan (apesar de apenas 3 dos 7 clans serem terem sido high clans no passado) mas o formato da camarilla é diferente. O governo de grandes territórios (a Bretanha inteira, por exemplo) não está mais só nas mãos do Mithras, no futuro, Mithras é apenas príncipe de Londres e por mais influência que ele possa ter sobre os outros príncipes, ele não governa mais o território como antes. A Camarilla como um todo é sim uma grande e senão a única senhora feudal entre os cainitas, mas esse poder é, como a Leona pretende fazer, descentralizado e mais baseado na ideia de união entre governantes do que na de servitude a um governante supremo, como é a mentalidade dos Feudos atuais em Dark Ages. A ideia de acabar com a vassalagem do hannibal não é acabar com o mando de anciões sobre suas proles ou sobre outros anciões mais fracos e sim com a mentalidade de um ancião ter o direito de governar sobre todos os outros só por ser mais velho, ou mais poderoso individualmente. Para Hannibal, não é possivel a idéia da Camarilla, que prega a união, manter a ideia de submissão, as duas coisas não se encaixam.Tipo parece contraditório, mas o governo é centralizado e o poder é descentralizado. Os cargos máximos da Camarilla são válidos para qualquer lugar do Mundo. Um justicar Ventrue tem o poder de interferir em qualquer cidade do Mundo, mas ele não governa todas as cidades do Mundo (só um adendo, o debate ta otimo e não vejo problemas em continuar Very Happy ms se essas forem as ideias da Mihaela, lemnre-se que ela está presente e tem direito a palavra Very Happy )

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Yorick em Dom Abr 22, 2012 3:20 pm

Safiya pede de forma tímida a palavra.

"Peço perdão pela arrogancia meus Lords e Ladys. Sei que aqui, represento de uma certa forma, a vergonha de meu Clan. Todos sabem que os Assamitas em peso apoiam a causa anarquista e eu sou a única anciã que destoa. No entanto, sobre a questão da Vassalagem, quero usar isso como exemplo. Quando fui dada a Lady Leona, não enxerguei como tal. Por mais que soubesse que meu dever e obrigação era ser dela, Leona nunca me tratou como uma posse, um brinquedo ou uma arma. Me tratou como uma igual, as vezes até mesmo contra minha vontade submissa. O que quero dizer é que, com todo o respeito a Lord Hannibal, a teoria sobre tal pedido é louvável, mas creio que a prática meu senhor, será decidida no íntimo de cada ancião e de cada vassalo. Não creio que uma regra ou imposição irá mudar o fato de que um príncipe que é vassalo de Lord Mithras por exemplo, deixe de ser submisso a ele, até mesmo se tal relação for de beneficio mútuo. Cainitas são seres acomodados por natureza e duvido que um vassalo renuncie as mordomias, á proteção e outras vantagens de seu suserano apenas pela opção da liberdade. Cito meu exemplo no entanto como outro lado da moeda. Sei que Lord Mithras e Minha querida Leona sabem, que conforme meus poderes foram aumentando e minha idade também, em qualquer momento, se fosse de minha inteira vontade eu poderia ter abandonado ou até me rebelado contra minha senhora. Não o fiz pois ela cultivou em mim algo muito simples. Amor. Eu a sigo, confio e protejo por que a amo e assim o farei pelo resto da eternidade, seja com vassalagem ou não. No entanto lord Hannibal e demais Lords e Ladys, tais regras devem sim ser expostas e divulgadas. Entendo a intenção de Lord hannibal e creio que pode ser sim um fator de decisão para muitos membros apoiarem nossa causa."

Hannibal sorri como se tivesse gostado do "atrevimento" da Assamita assim como Mithras

Helena sorri

"Eu voto a favor de Hannibal, mas sei que como Safiya quis dizer, será uma mudança apenas nos papeis e na nomenclatura. Vamos deixar de ser hipocritas. Somos aqui um bando de anciões discutindo um modo de sobrevivermos ao motim e manter nossas proles de volta nas coleiras. Perdoem-me a franqueza e os termos. Acredito porém, que isso nos ensinará a lição de que aqueles que tratam suas crianças e os mais jovens como cães e os maltratam, correm o risco de serem mordidos. A Camarilla deve ser a Ordem. O objetivo dessa união entre predadores, que outrora seria impossivel sem que pelo menos um de nós virasse pó no processo, é criar uma instituição que possa organizar e governar a sociedade cainita com o mínimo de justiça e bom senso possiveis a nossa raça, o que vamos ser mais uma vez sinceros, não é muito. mas se a questão é acabar com os feudos e dar aos príncipes mais autonomia, sou a favor."

Merlinda parece apática.

"Temos que entender que o micro representa o macro. A Camarilla só será forte se seus membros forem fortes. Nós só conseguiremos o governo, a obediência e principalmente a confiança de nossos membros mais jovens, se tivermos o governo, a obediência e a confiança de nossas proles. Voto a favor da ideia de Lord Hannibal mas ressalto que a revolução começa dentro de nossos refugios. Se todos nós ensinarmos e cuidarmos decentemente de nossas crianças da noite, seja nos precavendo contra traição, como meu clan faz, ou permitindo que se sentem a nossa mesa como iguais como os Brujah o fazem, sem abusos, sem exageros, gradativamente estaremos livres deste problema. A Camarilla, na minha opinião será um instrumento e um meio para isso, mas acho sinceramente que ainda acima da questão anarquista, temos que nos preocupar com a máscara. Nem os anarquistas são capazes de nos matar durante o dia, como a igreja o pode fazer."

Evidakia simplesmente diz quase em transe.

"Eu dei um grito de angústia a esta maldição terrível e rasguei a minha carne. Eu chorei sangue. Eu peguei as lágrimas em uma xícara e as bebi. Quando eu observei minha bebida pesadamente, o arcanjo Gabriel, Gabriel gentil, Gabriel o senhor da Clemência, apareceu a mim. O arcanjo Gabriel disse para mim, “Filho de Adão, Filho de Eva, Vê,
a clemência do Pai é maior que você sempre soube, agora há um caminho aberto, uma estrada de Clemência que você chamará de Golconda e fala para suas crianças disto,
para que seguindo esta estrada possam morar na Luz uma vez mais”."

Ela sorri

"Se a Camarilla concordar em espalhar essas palavras a todos que quiserem ouvir, e se o fim da submissão for o início para essa iluminação, eu também sou a favor"

Mithras toma a palavra e diz de forma séria.

"Não vou expor aqui meus motivos de forma muito profunda. Todos os que me conhecem sabem que não sou muito de fazer isso. Apenas digo que de MINHA parte, eu concordo com o pedido de Hannibal. Sei que como Ventrue serei o mais afetado por essa mudança, mesmo que seja apenas alegórica, mas digo que como Ventrue, cansei de ver meus colegas de clan acomodados com tamanho poder e colocando o peso das decisões todos em minhas costas e de outros senhores por toda a Europa. Como disse a meus irmãos de clan, quero sim agora, assistir a cada um deles provar que merece a coroa e o trono que ocupam" Ele sorri "Abro agora a votação, para que possamos passar aos proximos acordos."

Todos os membros fundadores da Camarilla, aceitam que, a partir da noite de Hoje, os grandes Feudos de Sangue, que ha milênios governam a sociedade cainita, não sejam mais reconhecidos como poder máximo. Que seus senhores não mais recebam as honras referentes a eles e que lutemos para que a Camarilla, representando a união de todos esses senhores sob uma única vontade, seja reconhecida como governo único, onde seus membros, os Príncipes, única autoridade reconhecida por Cain, terão o direito e os deveres sobre seus domínios e aqueles que nele habitarem. Aqueles que concordam:

(Preciso dos votos de Mihaela e Leona. Foi convencionado que todos os participantes da reunião teriam direito a voto, independente de idade, e que novos membros futuros teriam que aprovar a decisão desta reunião para serem aceitos.)


_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Domitilla em Dom Abr 22, 2012 11:08 pm

Leona, visivelmente entristecida, vota a favor da criação, ela pouco fala depois e dá apena o voto sim ou não.
Alguma coisa a chateou em relação a essa reunião, mas ela parece que não vai exteriorizar.
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Yorick em Seg Abr 23, 2012 3:01 am

Mithras parece perceber o ocorrido, e muda de postura, ficando mais sério.

A reunião segue por longas e cansativas horas e todas as exigencias são aprovadas. No fim, a camarilla está oficialmente Fundada. Mithras, no ultimo topico, apresenta leona como Archon e explica o por que da criação do Cargo, diz que ela se qualificou pelos grandes feitos em Canterbury e Zagreb e que gostaria que ela tivesse o apoio de todos os fundadores para cumprir as tarefas do cargo. Todos sem excessão aprovam o nome de Leona e a elogiam. Mithras sugere ao fim que se alguma coisa ficou sem ser dita ou questionada, que seja dada a ultima chance e informa que haverá dentro de um ano, um novo conclave, desta vez em Londres, para reafirmar, corrigir e atualizar as atividades da seita.

(Isso serve em off tb gente. Se algum de vcs tiver algo a dizer na reunião, ou não concordar com alguma exigencia de algum clan ou queira dizer qualquer coisa, por favor se pronunciem, caso contrário acho que podemos fechar a cena Very Happy decidi passar isso dessa forma pois percebi que tava ficando cansativo, caso esteja acontecendo algo em Off ou esteja algo incomodando vcs por favor não deixem de falar Very Happy )

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Domitilla em Seg Abr 23, 2012 9:26 am

Leona não fala mais nada, apenas agradece o novo cargo.

(Maninhu, não esquenta, o que está acontecendo com a Leona é em ON, não se preocupe! Very Happy )
avatar
Domitilla
Admin

Mensagens : 322
Data de inscrição : 08/02/2011
Idade : 72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Yorick em Qua Abr 25, 2012 1:43 pm

Depois de algumas formalidades, assinaturas e coisas do tipo, Mithras da a reunião por encerrada.

(e eu dou a cena Razz )

_________________
avatar
Yorick

Mensagens : 543
Data de inscrição : 06/02/2011
Idade : 39
Localização : Vereerd

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Grande Primeiro Conclave

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum